O que é um multímetro?

Um multímetro, também conhecido como volt-ohmímetro, é um medidor portátil utilizado para medir tensão, corrente (amperes), resistência e outros valores. Os multímetros estão disponíveis nas versões analógica e digital e podem ser utilizados ​​para tudo, desde testes simples (como medição da tensão da bateria) até a detecção de falhas e diagnósticos complexos. Os multímetros são ferramentas comum entre os eletricistas para resolver problemas elétricos em motores, eletrodomésticos, circuitos, fontes de alimentação e sistemas de fiação. 

Multímetro Analógico

O multímetro analógico é baseado em um microamperímetro (um dispositivo utilizado para medir amperagem ou corrente) e possui um ponteiroque se move em uma escala graduada. Multímetros analógicos são mais baratos do que multímetros digitais, mas para alguns usuários, podem ser difíceis de ler e com baixa precisão. Além disso, devem ser manuseados com cuidado, pois podem ser danificados se cair.

Quando utilizado como um voltímetro, um multímetro analógico geralmente não é tão preciso quanto um medidor digital. No entanto, multímetros analógicos são ótimos para detectar mudanças lentas na tensão pois permite ver o ponteiro se movendo na escala. Quando o testador analógico é definido como um amperímetro, ele é excelente por causa de sua baixa resistência e alta sensibilidade, que pode chegar a 50 µA (50 microamperes).

Multímetro digital

Os multímetros digitais são o tipo mais utilizados, incluindo versões simples e projetos avançados para engenheiros eletrônicos. Em vez de ponteiros e escalas móveis em medidores analógicos, os medidores digitais podem fornecer leituras no mostrador. Seu custo costuma ser maior do que o dos multímetros analógicos, mas a diferença de preço entre as versões simples é pequena. 

Devido à grande resistência digital, os multímetros digitais são geralmente superiores aos multímetros analógicos em termos de funções de voltímetro. Mas, para a maioria dos usuários, a principal vantagem do medidor digital são leituras digitais fáceis de ler e de alta precisão.

Como utilizar um multímetro

As funções e operações básicas de um multímetro são semelhantes nos medidores digitais e analógicos. O multimetro possui dois terminais - vermelho e preto - e três portas. O cabo preto está conectado à porta "comum". O cabo vermelho está conectado a qualquer outra porta, dependendo da função necessária.

Depois de conectar os fios, gire o botão no centro do testador para selecionar a função apropriada e a faixa para o teste específico. Por exemplo, quando o botão é definido como "20 V DC", o testador detecta uma tensão DC (corrente contínua) de até 20 volts. Para medir tensões mais baixas, o botão deve ser definido para a faixa de 2 V ou 200 mV.

Para fazer uma leitura, toque a ponta de metal desencapada de cada eletrodo em um dos terminais ou fios a serem testados. A tensão (ou outro valor) será lida no testador. Contanto que a tensão ou corrente não exceda a classificação máxima do medidor, o multímetro pode ser usado com segurança em circuitos e equipamentos energizados. Além disso, durante o teste de inicialização, não toque na extremidade de metal do fio do testador, caso contrário, pode causar choque elétrico.

Funções de um multímetro

Dependendo do modelo, o multímetro pode fornecer muitas leituras diferentes. O multimetro básico pode medir tensão, amperagem e resistência e pode ser usado para verificar a continuidade. Este é um teste simples usado para verificar todo o circuito. Multímetros mais avançados podem testar todos os seguintes valores:

  • Tensão e amperagem AC (corrente alternada)
  • Tensão e amperagem DC (corrente contínua)
  • Resistência (ohms)
  • Capacidade (farads)
  • Condutância (siemens)
  • Decibéis
  • Ciclo de trabalho 
  • Frequência (Hz)
  • Indutância (Henry)
  • Temperatura Celsius ou Fahrenheit